quinta-feira, 29 de julho de 2010

INVEJA DOS ANJOS EM RIBEIRÃO

Thales Coutinho e Patrícia Selonk em "Inveja dos Anjos"

O grupo Armazém Companhia de Teatro faz curta temporada, de sexta-feira (30) a domingo (1º/8), no Teatro Municipal, em Ribeirão Preto, com o espetáculo “Inveja dos Anjos”. A montagem que estreou no final de 2008 já percorreu mais de 12 Estados brasileiros.
No palco, os atores dirigidos por Paulo de Moraes abordam os diálogos das relações em família, do amor e da amizade narradas por meio de contradições, desesperos, perseveranças e epifanias. A trama começa com os amigos Tomás, Cecília e Luisa, discutindo suas memórias e se desenrola unindo as experiências de vida de um carteiro, de pais e filhos e de um casal.
Depois de duas bem-sucedidas montagens de grandes nomes da dramaturgia - Bertolt Brecht e Nelson Rodrigues – a Companhia, que é patrocinada pelo Programa Petrobras Cultural (PPC) desde 2000, volta a construir espetáculos por meio de pesquisas temáticas e formais.
O poeta Maurício Arruda Mendonça e o diretor Paulo de Moraes são responsáveis pela dramaturgia da peça que venceu o Prêmio Shell de Teatro 2008 nas categorias de Melhor Autor e Melhor Atriz (Patrícia Selonk). A montagem também levou os troféus de Melhor Espetáculo e Melhor Iluminação (Maneco Quinderé) no Prêmio APTR 2008, realizado pela Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro.
As apresentações acontecem sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 20h. Os ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (estudantes, pessoas com mais de 60 anos, clientes do Cartão Petrobras na compra de até dois ingressos). O Teatro Municipal fica na Praça Alto de São Bento, s/nº, Jardim Mosteiro. Informações pelo telefone (16) 3625-6841.

(publicado em EPTV.COM - Lazer e Cultura - 28/07/2010)

2 Comentários:

Às 31 de agosto de 2010 17:54 , Blogger Marcos Martins. disse...

Homem fala do Kafka...

 
Às 1 de setembro de 2010 10:32 , Blogger Maurício Arruda Mendonça disse...

Ok, Marcos! Providenciarei algumas palavras sobre esse maravilhoso escritor, embora sabendo que muito se escreveu sobre ele de maneira profunda. abraço

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial