terça-feira, 6 de julho de 2010

CLAUDIO DA COSTA

"Bananalidades"

"Oh my universe is all stars"

Conheci o Claudio da Costa em 1996. Desde os primeiros papos percebi que se tratava de um artista com um sensibilidade muito legal, um cara formado em atropologia na Unicamp, mas sobretudo artista plástico, designer criado em nas grandes agências de São Paulo, e que fez trabalhos incríveis como o design da bola da penalty dos velhos tempos, a logo do FILO (Festival Internacional de Londrina), entre muitas outras coisas. Mas naquele começo de amizade me chamava a atenção a articulação poética de suas idéias, as referências múltiplas, e a sua verve expressionista em quadros arrebatadores. Depois dessa fase, Claudinho deu um tempo e, antenado como é, recomeçou a pintar digitalmente - o que se traduziu numa forma concentração onde suas pinceladas amplas e absolutamente físicas, foram adaptadas para sutis movimentos de mão no pincel ótico. Foi então que fizemos um belo trabalho juntos numa série de infografias. Claudio colhia imagens na rua, tipo gatos atropelados, ou em açougues, com um monte de pés de porcos, e aplicava a sua verve transformando em imagens impressionantes com poemas e frases manuscritas de minha autoria. Grande trabalho. Depois Claudio ainda faria duas capas para meus livros, e material gráfico da peça "O Misantropo" de Molière que dirigi em 2001.
Foi uma época bacana essa de 96 a 99. Eu andava os velhos amigos por perto, pois foi uma fase em que todos eles foram embora de Londrina, então tive o privilégio de conviver muito com o Claudio, marcando ponto em seu estúdio.
Quando estive em Araraquara, em maio agora, para a estréia de "Mente Mentira", lembrei-me do Claudinho da Costa que também viveu uns tempos lá. De volta a Londrina fui até a casa dele aqui pertinho pois fazia um tempão que eu não o via. Encontrei-o feliz e com a noticia de que voltou a pintar telas, e que agora tava disponibilizando seus trabalhos no mercado digital através de um site, afinal ninguém é de ferro e é preciso sobreviver com o que fazemos de melhor. Agora estou na expectativa de ver os resultados dessa nova fase do Claudio que deverá ser uma depuração de seu expressionismo pop que tenta eternizar em as coisas banais de nossa cotidianidade.
Pra quem quer conhecer o trabalho do Claudio tem um link aí ao lado. Pra adquirir as obras entrem aqui no http://www.totalpaintingandart.com/

1 Comentários:

Às 7 de janeiro de 2013 11:46 , Blogger claudio francisco da disse...

Pô Maurice, obrigado pelo espírito, pelas palavras. Te amo véi!!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial